quarta-feira, julho 27, 2005

Antony & The Johnsons

Eu tenho essa compulsão por baixar músicas, vídeoclipes, por blogs de mp3 e eis que um dia, no trabalho, baixei um vídeo que mostrava uma mulher, deitada em uma cama, num balé meio esquisito e melancólico com seu lençol. Como estava no trabalho, não cheguei a ouvir a música que servia de trilha para o clipe. Ao chegar em casa, assistindo aos vídeos gravados em um cd, ouvi uma voz que dizia "Hope there's someone to take care of me when I die..." e aquilo me tocou de uma forma esquisita. Foi quando me dei conta que se tratava do mesmo vídeo ao qual havia assistido horas antes. Assisti por umas 3 vezes seguidas e tive a curiosidade de saber de quem era aquela voz. No arquivo algo remetia a "Antony". Então me recordei de um fato interessante, ocorrido naquela mesma tarde. Horas antes, ainda no trabalho, recebi um e-mail, que julguei ter sido enviado para mim por engano. O e-mail dizia:

"Alexandre, tudo bem? Aí vai a matéria sobre o Antony. Depois, com tempo, escaneio o encarte e te mando. Agora tô na corrida. O Cd dele é maravilhoso, não? beijocas musicais Helenita"

De repente lembrei do e-mail e fui ler. Me dei conta de que era uma resenha do cd novo do Antony & The Johnsons, I Am A Bird Now. Fiquei espantado com a coincidência. Mais tarde um amigo de Floripa me perguntou se havia recebido o email que uma amiga dele havia encaminhado. Foi algo mágico. A forma com que entrei em contato com a música desse inglês, que morou na Califórnia antes de partir para NYC e ser premiado por uma academia de artes quando ainda era adolescente.

Sua voz andrógina é muitas vezes comparada à de Nina Simone, uma de suas influências, assim como Billy Holiday e Otis Redding foram. Eu prefiro dizer somente que a voz do Antony paira no ar de uma forma surreal e ao aterrissar no seu coração, ela pode espremê-lo como um tomate ou confortá-lo como uma criança de colo.

I Am A Bird Now trata de forma melancólica e ao mesmo tempo cativante, temas como a idade, a morte, a linha que divide os sexos, mas acima de tudo o amor. O amor desejado, o amor perdido, o amor impossível, o auto-amor...

Antony chegou a contribuir com sua voz em dois álbuns do Lou Reed e em uma de suas turnês, onde cantava "Candy Says" do Velvet Underground. Por ter se tornado fã de Antony, Reed empresta sua voz e alguns acordes de guitarra para formar a belíssima "Fistful of Love". E ele não é o único. Temos ainda nomes como Devendra Banhart e sua voz tosquíssima e ao mesmo tempo apaixonante em "Spiralling", Boy George num dueto sobre o amor fraterno em "You Are My Sister" e Rufus Wainwright em "What Can I Do?".


Bom, o encarte. Não poderia ser menos poético, menos chocante. Na capa temos uma foto sombria da Candy Darling, fotografada em 1974 por Peter Hujar na cama em que ela viria a falecer dias depois.
Candy era uma drag, que na verdade se chamava James ("Jimmy") Lawrence Slattery. Ela chegou a participar de alguns filmes de Warhol no fim da década de 60 e início da década de 70 e veio a morrer de leucemia em Março de 74. Em sua carta de despedida citava "Unfortunately before my death I had no desire left for life. Even with all my friends and my career on the upswing I felt too empty to go on in this unreal existence. I am just so bored by everything. You might say bored to death."

Há também uma carta de uma criança, levada por seus pais à uma instituição para tratamento do hermafrodismo e reorientação sexual, que é um contrato cruel e inquisitivo que diz não muito além de "Father, I got to b a boy. I got to b a boy. Mother, I got to b a boy.I got to be a boy". E eu que achava que minhas lágrimas só seriam arrancadas pelas músicas do Antony.

O álbum é uma obra bela, melancólica, por vezes sinistra. É como um ciclo, que inicia com a dúvida e o medo da morte solitária (mais temível que a própria morte) e termina com a esperança de um recomeço em "Bird Gehrl" (I'm gonna be born / Into soon the sky 'Cause I'm a bird girl / And the bird girls go to heaven).

Para Assistir:



Vídeo de "Hope There's Someone" (WMV: Hi / Lo)

Para Ouvir:

Antony & The Johnsons - The Lake EP
http://rapidshare.de/files/1359782/thelake.rar.html

Antony & The Johnsons - I Am a Bird Now
http://rapidshare.de/files/1270467/antony.rar.html
http://rapidshare.de/files/1270406/johnsons.rar.html

2005.04.15 - Vpro FM session, Motel Mozaique, Amsterdam
http://rapidshare.de/files/3115189/AAJ.zip.html
senha: alienonacid.com

5 Comments:

Anonymous alex said...

manda pra FOLHA, sô!
ilustrada@uol.com.br
folha@uol.com.br

seu texto ficou muito bom!

abraço!
alex, outro fã do antony

29 julho, 2005 09:17  
Anonymous nai said...

escreve bem mesmo, xuxu. *orgulho*

02 agosto, 2005 09:46  
Anonymous Babïrush said...

Antony veio primeiro, mas você veio depois. É ótimo ter com quem compartilhar sua música e todo esse universo envolvente em torno de Antony. E preciso conversar pessoalmente com você, moramos na mesma cidade! Bjo. Gil.

07 agosto, 2005 21:44  
Blogger edwardtaft11979477 said...

Click Here Now Mortgage rates as low as 3.95%
$150,000 mortgage for $494/mo. Other loan amounts available. Up to 4 lenders in 24 hours.
Save money Click Here Now

11 outubro, 2005 18:43  
Blogger Priscila Müller said...

Você escreve bem...

20 novembro, 2005 08:15  

Postar um comentário

<< Home